O que é a Cibersegurança?

A rede de informações eletrónicas ligadas tornou-se parte integrante da vida quotidiana. As organizações utilizam a rede através da recolha, do processamento, do armazenamento e da partilha de grandes quantidades de informação digital.

 A cibersegurança é o esforço contínuo para proteger estes sistemas em rede, e todos os dados contra o seu uso não autorizado ou que sejam danificados.

A sua identidade online e offline.

Quanto mais tempo é passado online, a sua identidade, tanto online como offline, pode afetar a sua vida. A sua identidade offline é a pessoa com quem os seus amigos e familiares interagem no dia a dia em casa, na escola ou no trabalho.

A sua identidade online é quem você é no ciberespaço. A sua identidade online é a forma como você se apresenta aos outros online.

Esta identidade online deve revelar apenas uma quantidade limitada de informações sobre si.

Os seus dados

Quaisquer informações sobre si podem ser consideradas como dados a seu respeito. Estas informações pessoais podem identificá-lo de forma exclusiva como indivíduo. Estes dados incluem as fotografias e as mensagens que troca com familiares e amigos online.

Todas estas informações são a seu respeito. Existem diversas leis que protegem a sua privacidade e dados no seu país. Mas sabe onde estão os seus dados?

 Quando partilha fotografias online com os seus amigos, sabe quem pode ter uma cópia das fotografias? As cópias das fotografias encontram-se nos seus próprios dispositivos. Os seus amigos podem ter transferido cópias dessas fotografias para os respetivos dispositivos. Se as fotografias forem partilhadas publicamente, alguns estranhos também podem ter cópias das mesmas. Estes podem transferir ou efetuar capturas de ecrã dessas fotografias. Uma vez que as fotografias foram publicadas online, também estão guardadas em servidores localizados em várias partes do mundo. Agora, as fotografias já não se encontram apenas nos seus dispositivos informáticos.

O que é a ciberguerra?

O ciberespaço tornou-se noutra dimensão importante da guerra, na qual os países podem travar conflitos sem os combates tradicionais com tropas e máquinas. Isto permite que os países com presença militar mínima sejam tão fortes como outros países no ciberespaço. A ciberguerra é um conflito baseado na Internet que envolve a penetração nos sistemas informáticos e nas redes de outros países. Estes atacantes têm os recursos e os conhecimentos para iniciarem ataques maciços baseados na Internet contra outros países para provocarem danos ou perturbarem serviços como, por exemplo, desativarem uma rede elétrica.

Um exemplo de um ataque patrocinado pelo estado envolveu o software maligno Stuxnet que foi concebido para danificar a central de enriquecimento nuclear do Irão. O software maligno Stuxnet não pirateou computadores específicos para roubar informações. Foi concebido para danificar equipamento físico que era controlado por computadores. Recorreu a codificação modular que foi programada para realizar uma tarefa específica dentro do software maligno. Utilizou certificados digitais roubados de modo a que o ataque parecesse legítimo para o sistema.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *